Blocos

 

» BLOCO DA MEIMOA

O Bloco da Meimoa estende-se desde a barragem da Meimoa até à povoação da Capinha, ao longo da ribeira da Meimoa, correspondendo uma área beneficiada de 3463 ha, e está equipado com um sistema de rega por pressão.

O bloco de rega beneficia áreas das freguesias da Capinha (248,20ha), Escarigo (46,30ha) e do Salgueiro (895,60ha), pertencentes ao Concelho do Fundão e da Benquerença (1.160,60ha), Meimoa (662,90ha), Penamacor (48,00ha), Vale da Senhora da Póvoa (338,40ha) do Concelho de Penamacor.

O bloco divide-se em sete sub-blocos – C.1, C.2.1, C.2.2, C.3, C.4.1, C.4.2 e C.4.3, em que as tomadas C.1 e C.3 são tomadas directas do Canal Condutor Geral e as restantes dos canais secundários da Meimoa (C.2.1 e C.2.2) e do Escarigo (C.4.1, C.4.2 e C.4.3).

N.º hidrantes instalados - 687
N.º Bocas de rega - 1355
Comprimento de rede (m) - 161.588
Material de tubagem - PVC, Fibrocimento e BBA

 

» BLOCO DE BELMONTE E CARIA

O Bloco de Belmonte e Caria, com uma área beneficiada de 3177 ha, insere-se na mancha granítica que se estende da Covilhã até próximo do Sabugal, na margem esquerda do rio Zêzere.

O bloco de rega beneficia áreas das freguesias de Bendada (122ha), Casteleiro (215 ha) e Sortelha (15 ha) pertencentes ao Concelho do Sabugal, de Belmonte (762 ha), Caria (736 ha) e Inguias (635 ha) do concelho de Belmonte e de Orjais (218 ha), Peraboa (77 ha) e Teixoso (397 ha) do concelho da Covilhã.

As redes secundárias de rega, que constituem o bloco de Belmonte e Caria são abastecidas pelas tomadas T5, T6 e T7 que têm origem no segundo troço do CCG. Dado que as Tomadas T5 e T6 beneficiam a área circundante a Belmonte e a T7 a área circundante a Caria, tal permitiu que fosse criada a designação dos sub-blocos de Belmonte e de Caria.

N.º hidrantes instalados - 564
N.º Bocas de rega - 1116
Comprimento de rede (m) - 126.368,60
Material de tubagem - BAA e PEAD

 

» BLOCO DO SABUGAL

O bloco do Sabugal é o único bloco de rega que se situa a jusante da barragem do Sabugal, ao longo do Rio Côa, estendendo-se em redor da cidade do Sabugal.

Este bloco de rega localiza-se no concelho do Sabugal e beneficiará uma área de 121,50ha nas freguesias do Sabugal (58ha), Quintas de São Bartolomeu (31ha) e Aldeia de Santo António (32,50ha).

A origem da água para este bloco de rega provém da barragem do Sabugal, através de uma tomada construída para o efeito, localizada a jusante do coroamento.

Pelo facto, da rede se iniciar numa tomada directa da barragem, esta vai estar sujeita às oscilações de nível da própria barragem, pelo que se irá refletir em oscilações significativas de pressão ao nível dos terrenos beneficiados do bloco de rega.

N.º hidrantes instalados - 68
N.º bocas de rega - 96
Comprimento de rede(m) - 11080
Material de tubagem - FFD e PEAD

 

» BLOCO DA COVILHÃ (Peraboa e Ferro)

O Bloco da Covilhã, situa-se entre o CCG e o rio Zêzere, sendo dividido em dois sub-blocos: Peraboa e Ferro.

Este bloco de rega tem uma área beneficiada de cerca de 1643 ha, distribuída pelas seguintes freguesias: Caria (271 ha) do Concelho de Belmonte, Ferro (786 ha), Peraboa (561 ha) e Tortosendo (25 ha) do Concelho da Covilhã. 

As redes secundárias de rega, que constituem o bloco da Covilhã são abastecidas pelas tomadas T8 (sub-bloco de Peraboa) e T9 (sub-bloco do Ferro). As tomadas T8 e T9 tomam água no Reservatório de Peraboa e no Reservatório do Ferro respectivamente, construídos no terceiro Troço do Canal Condutor Geral.

N.º hidrantes instalados - 335
N.º bocas de rega - 679
Comprimento de rede(m) - 66650
Material de tubagem - BAA e PEAD

 

» BLOCO DO FUNDÃO (T10)

O bloco do Fundão situa-se a oeste da cidade do Fundão, desenvolvendo-se entre as povoações de Alcaria, o Telhado e a cidade do Fundão, até à Auto-estrada 23 (A23).  

Este bloco de rega, do concelho do Fundão, beneficia uma área de cerca de 2021 ha, distribuída pelas seguintes freguesias: Alcaria (330 ha), Aldeia de Joanes (432 ha), Aldeia Nova do Cabo (440 ha) Fundão (330 ha), Telhado (483 ha) e Valverde (7 ha). 

A rede secundária de rega, que constitui o bloco do Fundão é abastecida pela tomada T10 que toma água no Reservatório do Fundão, construído no terceiro Troço do Canal Condutor Geral.

N.º hidrantes instalados - 323
N.º bocas de rega - 627
Comprimento de rede(m) - 64500
Material de tubagem – BAA, PEAD, FFD e AÇO

 

» BLOCO DA FATELA (T11)

A este da A23, foi delimitado um outro bloco de rega, denominado bloco da Fatela, limitado a Oeste pela A23 e estendendo-se até à povoação de Alcaide e Fatela.

Este bloco de rega, do concelho do Fundão, beneficia uma área de cerca de 1134 ha, distribuída pelas seguintes freguesias: Alcaide (133 ha), Alcaria (134 ha), Donas (179 ha) Fatela (207 ha), Pêro Viseu (23 ha) e Valverde (457 ha). 

A rede secundária de rega, que constitui o bloco da Fatela é abastecida pela tomada T11 que toma água no Reservatório da Fatela, construído no terceiro Troço do Canal Condutor Geral.

N.º hidrantes instalados - 158
N.º bocas de rega - 312
Comprimento de rede(m) - 35900
Material de tubagem – BAA, PEAD e FFD

 

» BLOCO DA CAPINHA (T12)

Na extremidade do Canal Condutor Geral encontra-se o bloco da Capinha, que se desenvolve entre esta povoação e a dos Enxames, ao longo da ribeira da Meimoa.

Este bloco de rega, do concelho do Fundão, beneficia uma área de cerca de 864 ha, distribuída pelas seguintes freguesias: Capinha (294 ha), Enxames (433 ha), Fatela (1 ha) e Pêro Viseu (137 ha).  

A rede secundária de rega, que constitui o bloco da Capinha é abastecida pela tomada T12 que toma água no Reservatório da Capinha, construído no terceiro Troço do Canal Condutor Geral.

N.º hidrantes instalados - 189
N.º bocas de rega - 388
Comprimento de rede(m) - 32400
Material de tubagem – BAA e PEAD

 

ABCB – ASSOCIAÇÃO DOS BENEFICIÁRIOS DA COVA DA BEIRA
Rua Haapsalu – Apartado 438 Fundão 6234-909 Fundão
Telf. 275 774 536 | Email: abcbeira@gmail.com